sábado, 27 de fevereiro de 2010

Primeira Habilitação !!!

Até onde os jovens estão levando a sério o projeto da primeira habilitação, o que é mais importante, só ter a habilitação ou realmente aprender a conduzir um veículo? Muitas pessoas não dirigem depois de obter a sua habilitação e até ficam anos sem tentar, qual seria o principal motivo?

Falta de preparo dos candidatos, falha na instrução, e essa história do aluno fazer 20 aulas e achar que já vai sair da autoescola pronto para tudo, será que é suficiente esse numero de aulas? Não vamos pensar naqueles que já chegam com noção de volante e sim naqueles que nunca dirigiram e que não tem a mínima idéia de como controlar um carro ou uma moto.

Muitos saem das autoescolas sabendo só colocar até a segunda marcha, e muitas vezes sem noção de espaço ou sem ter nunca dirigido no trânsito. O que será que é preciso realmente para formar bons condutores, com todas as condições de já pegar a habilitação e sair conduzindo qualquer veículo?

Fico impressionado com alguns jovens que passam pelo curso do C F C (Centro de formação de Condutores), com idéias de apenas correr, ir para as baladas e nesse caso mesmo que estejam embreagados e até achando que mesmo que não aprenda a dirigir no processo de habilitação, vão aprender no trânsito. Será que tem como aprender com um mau professor? E quando foi que o Trãnsito foi um bom professor?

Essa semana fiquei impressionado com um aluno que já anda de moto, ele estava contando que tinha tomado uma fechada de uma mulher com um carro e que graças a Deus ele não caiu da moto, mas que ficou nervoso e resolveu ir atrás dessa motorista e andando com a moto do lado do carro fazia sinal para ela abrir o vidro. Que pessoa em sã consciência abriria o vidro para um motoqueiro fazendo sinais com raiva?

E ele continuou, como a mulher não atendeu o pedido dele, quando eles pararam num farol ele tirou o capacete e começou a bater com o capacete no parabrisa do carro, eu fico muito preocupado com isso, por que ele nem tem carta e já tem essas atitudes, e quando ele for habilitado?

A mentalidade de alguns que passam pela sala de aula é muito distorcida e realmente não dá para acreditar que vão ser bons condutores e que vão se preocupar em fazer o certo, e às vezes não são incetivados a mudar de ideia e alguns profissionais do ramo não se importam em fazer a diferença, em realmente tentar mudar essa ideia e mostrar como ser um bom motorista.

Gostaria que as pessoas que querem tirar a primeira habilitação se preocupassem mesmo em se tornarem bons motoristas e procurassem bons profissionais, que esse jovens se preocupassem em fazer o certo e qual é o risco de fazer o errado. Adoro o que faço e realmente gosto de ver a mudança do candidato para o motorista e ver pessoas passando por mim e realmente aprendendo, desse jeito sei que faço uma enorme diferença nas vidas dessas pessoas, mesmo que depois de algum tempo nem lembrem disso.

Mas o meu trabalho pode fazer a diferença entre a vida e a morte dessas pessoas e gosto de pensar que com um bom trabalho o que eles vão achar no futuro é a vida, para que possam ter todas as alegrias desse mundo e que consigam realizar todos seus sonhos.

Carlos Rufato

Um comentário:

Reflexo d Alma disse...

Ola!
Saudades daqui.
Mas sabe lendo seu post estava lembrando d enossa luta eu e o par com o filho mais velho.
Levado pela esposa que teve ua educação diferente da que demos a ele. Pra nós dirigir só depois de ter toda documentação e ter algum experiencia pra pegar estrada pra longas viagens, somos RJ metropolis. Ela que viveu em Pasargada interior do ES a vida toda, aprendeu tudo errado:teve moto antes do correto e bla bla.
Viemos morar em Pasargada ,eles se conheceram, ja com 25 anos cada, meu filho então decidiu tirar carteira.Fez tudo certo,mas sabe que eu e o par tivemos que apelar pra Deus pra ele não passar na primeira prova?
Pois a nora impôs que ele tirando a carteira em janeiro em janeiro mesmo ele levaria o carro do ES ao RJ sem que ela pegasse o volante.
Ela chamou de autonomia dele,ele de desafio; nos de irresponsabilidade. Então so Deus nos restou... e ele
foi reprovado na primeira prova e ela que dirige muito bem, levou e trouxe o carro.
Voce esta corretissimo em sua exposição.Pq essa não a função sempre Deus!
Adoro seu blog!

Alias passa no meu, tem uma
pro vo ca ção por lá.
Bjins entre sonhos e delírios