segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Trânsito + final de ano = MORTE

Já escrevi sobre esse assunto o ano passado, e fico impressionado que assisto aos jornais e vejo que esse ano tivemos quase o dobro de mortes referente ao ano passado no mesmo período.
Eu me pergunto o que é preciso para que as pessoas comecem ver que todo ano a história é a mesma e que só mudam os personagens, meu Deus quantas pessoas ainda precisam morrer para que alguém enxergue o que está acontecendo. Amanhã eu começo de novo a mesma luta de anos, vai começar uma nova turma para o curso de primeira habilitação e fico preocupado por que de novo vou ver pessoas sentadas em cadeiras que realmente não se preocupam em aprender, pessoas que na verdade só querem ter a carteira de habilitação, sem importar de que maneira vão conseguir.
Esse final de ano encontrei um ex-aluno que estava bêbado e disse para os amigos, esse é meu professor de CFC e olha como ele está me vendo, olha o exemplo e caiu na risada. Parece ser engraçado mesmo, mas com imprudências no volante como dirigir alcoolizado vários sorrisos se apagaram, alguns de pessoas que estavam sendo imprudentes, mas outros de pessoas que só queriam se divertir ou estar próximas de pessoas amadas e por isso enfrentaram horas de viagem dentro de um carro.
Enquanto alguns tentam fazer a diferença outros estão mais preocupados com eles mesmos e fazem da profissão só uma maneira de ganhar dinheiro, sem se importar qual será o futuro daqueles novos condutores. O que importa para a maioria é ganhar seu dinheiro e se gabar de quanto são espertos com tudo que fazem, instituições falidas que só se preocupam com que o aluno passe no exame, se sabe ou não é uma outra história e depois que eles saem da auto escola não importa mais.
Como dizer que uma pessoa tem ou não condições para conduzir um veículo num exame que não dura dez minutos em muitos lugares, e como dizer que uma pessoa está habilitada sem saber trabalhar com todas as marchas e nem fazer uma redução, ou que não tem noção de espaço?
Como dizer que uma pessoa está pronta para dirigir sem ser melhor preparado psicologicamente? Por que muitos entram numa auto escola já pensando nas baladas, bebedeiras e esse monte de coisas erradas que vemos no trânsito.
Como dizer que alguém está pronto para fazer parte desse mesmo trânsito, quando não entende que deve respeitar os direitos do próximo?
Agora estão discutindo se com 16 anos a pessoa está preparada para tirar uma carteira de habilitação, acho que não devem mesmo ter o que fazer, por que com tudo que vejo em relação aos acidentes e vemos que os mais jovens são os mais imprudentes, lógico que temos belas exceções, mas num geral.
Gostaria de saber o que acha a população de uma pessoa com 16 anos poder tirar sua habilitação? Pra mim é bem claro que é cedo demais. Quando vão acordar para essa guerra que é o trânsito, governo e a população?

2 comentários:

Olavo disse...

Carlos..um otimo ano para vc..
Abraços

Vanessa disse...

Infelismente o mundo em q vivemos esta cada vez pior, hoje a maioria da população ñ quer saber de mais nada principalmente em relação ao transito.Trabalho em uma loja onde só tem homens tem um lá q é considerado o mais novo da turma, essa semana ele chegou todo ralado com o rosto todo machucado e sangrando ainda por causa das feridas, bateu a moto além de ñ ter a abilitação estava super bebado e ele acha isso maravilhoso beber e sair fazendo farra com os amigos, achamos isso um absurdo enfim quase todo dia ele faz isso bebe e sai com a moto falamos um monte para ele, falamos q qualquer hora pode acabar matando alguém ou até ele mesmo, e ele sempre debocha da gente, mas tudo bem o q podemos fazer para pessoas assim é rezar todos os dia para q ñ aconteça nada com ela e nem com os inocentes q as veses morre por imprudencis dos outros...e ao fato de tirar a abilitação com 16 anos acho isso tudo um absurdo se com 18somos imprudentes imagina com 16 eu ñ aprovo.. Carlos parabéns seu blog esta cada vez melhor.
Te Adoro um super beijo...