quinta-feira, 15 de abril de 2010

De professor à aluno…

Esses dias tenho convivido com um pequeno ser de seis anos e que tem me dado aulas de como ser feliz e de como viver, nunca enfrentei uma situação como essa e por uma obra divina estou ficando com meu filho Gabriel e com isso estou aprendendo a conhece-lo melhor e entender seus problemas e suas anciedades.

Dizem que Gabriel é uma anjo enviado por Deus, e no meu caso é exatamente isso, a alegria que ele trás para minha casa e minha vida é uma coisa que não tem explicação. Sou um cara que sempre fui apaixonado pelos meus filhos e sempre tentei fazer o meu melhor por eles, só que agora estou vivendo uma etapa nova e não esperava receber tanto amor e demostração de alegria como estou vendo no meu filho.

Ele está me ensinado a ser um pai melhor com certeza, está me ensinando a ter mais atenção com problemas que antes eu não dava, o sorriso que vejo no seu rostinho quando me vê é uma coisa fantástica e que me enche por dentro de alegria e amor.

Sei que à anos não estou completo por falta do meu filho maior que sempre fez muita falta e agora me sinto mais incompleto ainda com a recente perda que tive, mas ele de um jeito que não sei explicar tenta suprir  isso e tenta complementar o que está faltando.

Acho que se não fosse ele do meu lado agora muita coisa teria sido diferente, e nem sei o que poderia acontecer, mas hoje sei que algumas coisas vão ser diferente e que minha idéia de família vai ter que ser revista, mas quem tem um Gabriel em sua vida com certeza tem a vida completa de alegrias e sentimentos.

Se eu pudesse teria os três filhos comigo onde pudesse ve-los a qualquer hora e pudesse protege-los, olhar no quarto enquanto eles dormem, ver suas alegrias com as coisas mais simples da vida e que nós adultos não conseguimos vivenciar com nossa rotina burra.

Eu não posso ter os três debaixo do meu teto, mas tenho o Gabriel e com certeza estou curtindo todos os minutos desse convívio e me surpreendendo todos os minutos que estou do lado dele, Tenho filhos maravilhosos uma mais lindo que o outro, cada um com seu jeito especial e só tenho que agradecer a Deus por esses presentes maravilhosos que apesar de não ser do jeito que eu queria são meus também.

Hoje o Gabriel foi dar aulas no CFC comigo onde dou curso para quem está tirando a CNH, e ele dá um show, todo mundo gosta dele, não tem como ele entrar num ambiente e não chamar a atenção de todos. A dedicação que ele tem comigo é uma coisa impressionante e que me mostra exatemente o que preciso fazer por ele, no mínimo ter a mesma dedicação e amor que ele mostra ter por mim.

Ele está me mostrando como superar momentos tão difíceis e tão doloridos que venho passando, mostrando como deixar calmo o meu coração e me levando para um caminho melhor, eu percebi que ele tenta fazer o melhor dele pelas pessoas que o rodeiam e que nem sempre essas pessoas entendem, ele tem erros e defeitos que fazerm com que algumas pessoas se afastem dele e mesmo assim ele continua tentando fazer o melhor que ele pode para que essas pessoas gostem dele do jeito que ele é.

Gabriel, sou seu aluno e estou aprendendo que tenho que fazer o meu melhor para que as pessoas possam gostar de mim do jeito que eu sou e que se caso alguém não entenda, não importa eu vou continuar fazendo o meu melhor e tentando me aproximar do  meu jeito e mesmo que eu não agrade alguém, não importa por que  sei que fiz tudo para que isso acontecesse e que não posso ou não podemos agradar a todo mundo.

Te amo muito meu filho e meu professor.

Carlos Rufato

3 comentários:

Olavo disse...

SEi bem do que fala..os meus me fazem muita falta.
Abraços

Uma Mulher de Fases disse...

Se quiser, pode apagar este comentário. Sinto falta do Gabriel, mas sei que ele apesar de pequeno, sabe bem o que quer, ele quer ficar com você, que sempre foi e é um ótimo pai, é o que tranquiliza o meu coração de mãe, saber que meu filho está em mãos tão boas quanto as minhas e está feliz. Beijos.

Alma Inquieta disse...

Olá Carlos!

Oh que triste!
Agora depois de ler o comentário da Sheila entendi...
Que pena!
Eu me lembro que uma vez eu comentei o blog dela e deixei "Beijos de Portugal" e ela muito orgulhosa disse-me "meu marido disse-me... está ficando internacional" eu nunca mais esqueci e sempre que posso visito os vossos blogues...
Agora fiquei triste... me parecia um amor tão lindo!

Pelo menos tem o Gabriel, que sim, é um enviado de Deus, para ajudar a suportar os maus momentos.

Um beijo para os dois... que lindo o Gabriel ser fonte de tanta alegria e tantos ensinamentos!